Torcedores do Corinthians são presos em São Paulo acusados de ameaçar juíza

f9817d35a39aa5174364ec5a783ae6c4

Em operação feita em conjunto pela Polícia Civil de São Paulo e do Rio de Janeiro, seis torcedores do Corinthians foram detidos na manhã desta terça-feira (8) acusados de ameaçar a juíza Marcela Assad Caram, que determinou a prisão preventiva de 31 pessoas envolvidas na briga no estádio do Maracanã, no dia 23 de outubro, quando o Timão enfrentou o Flamengo pelo Campeonato Brasileiro.

Todos os detidos foram encaminhados à sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Centro de São Paulo, serão encaminhados ao Rio de Janeiro e responderão por associação criminosa e coação. Segundo informações da TV Globo, são cumpridos 10 mandados de prisão temporária e 21 de busca e apreensão.

Segundo a delegada Daniela Terra as ameaças que já haviam sido denunciadas pela Amaerj (Associação de Magistrados do Estado do Rio de Janeiro) “têm o objetivo de intimidar a juíza na prática de sua função”.

Yahoo

09/11/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *