Ônibus em Maceió devem atrasar saídas das garagens na sexta-feira

Rodoviários farão paralisação contra a PEC do teto dos gastos públicos. Cerca de 30 mil passageiros serão afetados pela medida, afirma o sindicato.

smtt_onibus_adesivo

As viagens de ônibus na próxima sexta-feira (11) só devem começar com 3 horas e meia de atraso, a partir das oito horas. Isso porque os rodoviários vão realizar uma paralisação em protesto contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do teto dos gastos púbicos.

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) informou que são cerca de 700 mil na capital. As viagens normalmente começam às 4h30.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (Sinttro-AL), a paralisação é uma convocação regional. O diretor do Sinttro, Hernandes José dos Santos, afirma que aproximadamente 30 mil passageiros serão afetados pela paralisação.

“Sabemos que muitas pessoas vão ficar na mão, mas muitos passageiros são trabalhadores e vão entender e apoiar nossa causa. A categoria vai se juntar a esse movimento porque precisamos lutar junto aos outros trabalhadores que serão prejudicados com essa proposta”, afirmou Santos.

Ainda segundo o diretor, a paralisação de sexta-feira foi definido em assembleia e rodoviários que trabalham nas capitais de todo o nordeste vão circular mais tarde do que o normal.

g1

09/11/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *