Nascentes revitalizadas pela Semarh proporcionam plantio de hortaliças em Cajueiro  

Duas nascentes foram recuperadas pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos

5c4f813e2066d2d9ce42072ff38ede04_l

Novas ideias surgem quando as oportunidades são postas em práticas. A partir das nascentes recuperadas no município de Cajueiro, as famílias idealizaram o plantio de uma horta na comunidade Guardiana, localizada na zona rural da cidade.

Lá, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) colocou em prática o Programa de Recuperação de Nascentes. São quatro nascentes revitalizadas, disponibilizando água limpa e própria ao consumo de 15 famílias.

O técnico da Semarh e executor do programa de Recuperação de Nascentes, Adolfo Barbosa, ressalta que o governo atuou para preservar quatro fontes de água na região. Duas delas terão benefício para o consumo humano e as demais serão direcionadas para o plantio de hortaliças.

“O programa tem ido além de revitalizar as nascentes. A iniciativa de revitalizar as fontes de água promove outros acessos à população. É o caso da comunidade de Guardiana, que investe no plantio de hortaliças ao aproveitar a água para irrigação. A horta comunitária está em fase inicial, porém, tem retorno alimentar e econômico garantido”, explica Adolfo Barbosa.

Um dos entusiastas do plantio é o agricultor Erisvaldo Mendes da Silva, de 38 anos. Casado e pai de três filhos, Mendes comemora a iniciativa que pode trazer bons frutos à comunidade em que reside.

“A água da nascente terá duas serventias: consumo próprio e irrigação de nossa horta comunitária. Estamos nos organizando para plantar pimentão, tomate, alface, cebolinha, repolho e coentro. Inicialmente, teremos retorno para o consumo familiar. No entanto, pretendemos estender a nossa produção ao município e buscar novas vias econômicas para a comunidade de Guardiana”, planeja o agricultor.

Mendes faz questão de lembrar a situação da água antes de o programa de Recuperação de Nascentes ter atuação efetiva na região. “Apenas observamos que a nascente aqui na comunidade era rica em fonte, porém não aproveitada por nós. A água era suja e os animais tinham contato direto com a nascente. Tudo isso era extremamente perigoso para quem consumisse. Graças ao incentivo do Governo de Alagoas, estamos com água de qualidade”, cita o agricultor.

Entrega

Após os trabalhos de revitalização, a Semarh prevê a entrega das quatro nascentes recuperadas em Cajueiro para outubro. Ao todo serão 15 famílias contempladas, com 40 pessoas residentes na comunidade Guardiana.

Além das atuações para preservação, a secretaria promoveu ações de educação ambiental para que a comunidade cuide da nascente e evite desgaste na proteção ao redor do corpo hídrico.

Adolfo Barbosa faz questão de lembrar que a Semarh adquiriu aproximadamente cinco mil mudas de árvores que serão plantadas ao redor das nascentes à medida que os trabalhos de recuperação sejam realizados nas regiões de Alagoas.

Nigel Santana – Agência AL

03/10/16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *