MP pede busca e apreensão na Câmara de vereadores de Campo Grande

i

Após TRE anular registro de candidatura de Arnaldo Higino Juiz de Girau do Ponciano, Jairo Xavier Costa, marcou audiência, em tempo recorde, para analisar veracidade de documentos.

Atropelando a legislação, o Juiz resolveu marcar uma audiência, para ouvir testemunhas e analisar os documentos apresentados pelo ex-gestor de Campo Grande que, segundo alguns vereadores da cidade, teria falsificado a documentação. A falsificação seria para driblar a lei da ficha limpa e disputar as eleições desde ano.

A audiência, que ocorreu na última terça-feira (27) foi marcada por protestos da chapa impugnante que contestou a posição do magistrado, visto que o correto seria a realização de uma perícia por parte da Polícia Federal em Alagoas (PF/AL) para assim, depois as testemunhas serem ouvidas, já com o laudo pericial em mãos, como o previsto na lei.

Após protestos e a falta de uma das testemunhas chaves do caso, o vereador José Feliciano (mais conhecido como Pitu), que encontra-se doente, internado no Hospital Arthur Ramos, em Maceió, a audiência de análise de documentos e que poderia definir destino político de Arnaldo Higino, teve que ser suspensa para o dia 20 de outubro, após o pleito eleitoral, ao qual o candidato investigado tenta eleição.

Tendo em vista que a Câmara municipal, até o momento, não enviou documentos originais necessários e solicitados pelo Ministério Público (MP) a promotora do caso, Delma Maria Costa de Azevedo Pantaleão, requereu que seja realizada uma busca e apreensão dos livros da ATA da Câmara de vereadores nos exercícios de 2005 a 2011. O que foi aceito pelo juiz que determinou andamento no pedido da promotora.

Em entrevista, exclusiva, para o Jornal de Arapiraca, o juiz do caso, Jairo Xavier Costa, lamentou o não comparecimento do vereador e informou que, caso eleito, e descoberta fraude nas documentações, Arnaldo Higino poderá ter a posse impugnada e se manterá .

Texto: Sidnéia Tavares, especial para Blog do Bernardino

bernardino-assinatura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *