Índios continuam interdição de trecho da BR-101, em Joaquim Gomes, AL

whatsapp_image_2016-10-26_at_08-54-14

Após 24 horas de interdição por índios, o trecho da rodovia BR-101 em Joaquim Gomes segue interditado pelos índios. Um outro trecho da rodovia, em Porto Real do Colégio, que também havia sido interditado foi liberado na manhã desta quinta-feira (27).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um trecho da BR-423, em Delmiro Gouveiaque também havia sido interditado na manhã da quarta-feira (26) foi liberado depois de mais de 10 horas.

Os índios protestam por melhorias na saúde, na educação indígena e também dizem ser contra aProposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, que limita gastos públicos. A PRF informou ainda que não tem previsão de quando a rodovia será liberada.

O coordenador regional da Fundação Nacional do Índio (Funai), Rodrigo Lins, informou ao G1 que a principal reividicação dos índios é contra contra a Portaria 1907/16 que retira poderes da Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena), onde, segundo ele, as aldeias ficariam submetidas às decisões do Ministério da Saúde, perdendo autonomia.

G1

26/10/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *