Hacker é condenado por roubar e vazar fotos de famosas nuas

Hacker é condenado por roubar e vazar fotos de famosas nuas

attends the New York premiere of "A Beautiful Planet" at AMC Loews Lincoln Square on April 16, 2016 in New York City.

Um homem de 36 anos foi condenado nos Estados Unidos a 18 meses de prisão por envolvimento no vazamento de fotos de famosas nuas como a atriz Jennifer Lawrence e a modelo Kate Upton.

De acordo com a sentença, Ryan Collins, nascido na Pensilvânia, acessou ilegalmente mais de 100 contas pessoais da Apple e Google, incluindo de algumas celebridades do show business, segundo informou nessa quinta-feira a Promotoria americana.

Entre novembro de 2012 e setembro de 2014, Collins enviou e-mails para suas vítimas em potenciais sob o disfarce de um representante da Apple e Google, fazendo com que lhe fornecessem seus nomes de usuário e senhas.

Com as respostas, ele acessou ilegalmente as contas e roubou informações pessoais, incluindo imagens e vídeos privados que mais tarde foram veiculados na internet.

Os investigadores identificaram mais de 600 vítimas de Collins, muitas das quais pertenciam a indústria do entretenimento de Los Angeles.

O vazamento em massa de fotografias nuas e privadas de celebridades foi conhecido como o “celebgate” e afetou, a partir de agosto de 2014, entre outras, Jennifer Lawrence, Ariana Grande, Kate Upton, Kim Kardashian, Rihanna, Scarlett Johansson, Mary Elizabeth Winstead e Kirsten Dunst.

No mês de maio, Collins já se tinha declarado culpado das acusações.

terra

28/10/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *