Governo de AL investe em interiorização da segurança pública

Um novo ciclo de investimentos com a chegada de novas viaturas e equipamentos ajuda e fortalece o trabalho dos policiais do Sertão alagoano

2acfd7d9545bb2c8c703e320786e7f32_l

Um cenário de transformações está sendo construído no segmento de segurança pública no Estado. Com criatividade e trabalho estratégico no desenvolvimento de uma nova Alagoas, apostando na reestruturação que fortalece o setor, o Governo do Estado reforça o policiamento no interior alagoano.

A chegada de um novo ciclo de investimentos marca a região do Sertão de Alagoas com a implantação da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (Copes).

Especializados em combater os assaltos a bancos no Sertão, a Copes, que tem sua sede situada no município de Piranhas recebeu duas novas viaturas para ajudar na coibição de delitos. O comandante da Copes, capitão Marcos Aurélio Ribeiro, explica que a composta por quatro oficiais e 23 praças, e é responsável por fazer a cobertura diária em 25 cidades da região.

“Nosso objetivo é evitar que esse tipo de delito aconteça, bem como em toda a área do Sertão alagoano, 7º batalhão, em Santana do Ipanema, e 9º batalhão, em Delmiro Gouveia. Fazemos todo o tipo de abordagem, tanto em veículos e pessoas, nós também realizamos operações, todo tipo de serviço, com ênfase maior em relação aos bancos, que é uma grande preocupação aqui em nosso comando. Esses roubos que acontecem durante a madrugada no Sertão”, declarou o comandante.

O capitão Marcos Aurélio Ribeiro frisou a ação dos bandidos nos bancos. Ele explicou que eles colocam o explosivo, detonam a agência bancária e vão embora. A Copes age através de escutas e do serviço de inteligência, além da ação dos agentes da Polícia Civil, que apoiam o trabalho.

“Nós procuramos sempre estar nesses lugares estratégicos para procurar evitar os delitos. Obedecemos a um cronograma diário, que nós chamamos de ‘cartão programa’. As guarnições vão aos locais pré-determinados, e, durante a madrugada a partir de meia noite até às 4h, nós temos a ronda diária com intuito de evitar os assaltos em bancos. Temos duas viaturas adaptadas com equipamentos da segurança pública, com rádio operacional e algumas outras coisas”, disse.

O comandante da Copes ressalta que os investimentos do Governo do Estado na segurança pública estão dando um ganho significativo no trabalho dos policiais. Segundo ele, os novos equipamentos garantem mobilidade e liberdade de percorrer toda região. As novas viaturas ajudam a realizar 100% do trabalho, porque sem elas, os policiais ficariam presos a duas cidades, no máximo.

“Com as viaturas novas nós conseguimos ampliar a nossa área de atuação, que proporcionou toda essa mudança na copes, que existe desde 2014. Na área onde trafegamos as estradas geralmente são vicinais, com pedras, e carros baixos não conseguiriam ir muito longe. Também temos o apoio do Grupamento Aéreo da Polícia Militar, que vêm com frequência aqui. Eles no ar e nós por terra. Conhecemos bem a região, alguns estão aqui desde a fundação da companhia. Conhecemos todas as vicinais, onde os bandidos mais utilizam para dar mais possibilidades de fuga”, apontou o capitão Marcos Aurélio Ribeiro.

A população de Piranhas está confiante no trabalho da Copes. Para Ernandes dos Santos, de 47 anos, as viaturas estão ajudando para intimidar os bandidos. Ele a esposa Marcia Freitas, de 36 anos, mantinham um costume de ficar em frente à residência deles reunidos com amigos, mas há algum tempo isso não acontecia. O casal afirma que só após a chegada das novas viaturas na cidade é que o policiamento melhorou bastante.

“Hoje está bom demais, passamos um tempo sem poder ficar na porta conversando. Estamos orgulhosos do trabalho da polícia aqui na cidade, nos sentimos mais seguros quando vemos, diariamente, os policiais nas ruas. É um ganho para nossa cidade”, explicou Ernandes dos Santos.

Já o comerciante João Dário da Silva Santos, de 25 anos, garante que o município está mais preparado para receber os turistas.

“Piranhas não é violenta, mas ultimamente está sendo invadida por bandidos. A segurança sempre intimida a ação dos bandidos na região, que estavam fazendo o que queriam aqui e com a presença dos policiais a todo mundo deixa a população com o sentimento de proteção em todos os moradores”, ressaltou João.

Paula Nunes – Agência AL

10/10/16

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *