Desaparecido há 23 anos é achado com nova família e identidade de morto

blog_richard-hoagland

Vinte e três anos atrás, Richard Hoagland desapareceu após ligar avisando que iria a um hospital em Indianápolis (Indiana, EUA). A esposa – a segunda de Richard – e os dois filhos do casal ficaram desolados. Buscas foram feitas, mas nenhum rastro do americano foi achado.

Richard foi declarado legalmente morto em 2003. A vida seguiu, e Linda, a viúva, casou-se novamente.

Mas, na verdade, Linda não era viúva. Richard, tampouco um cadáver. Ele estava vivendo a mais de 1.600 quilômetros de Indianápolis. Na pequena Zephyrhills (Flórida, EUA), Richard vivia tranquilamente. Novamente casado e com um novo filho.

Aos 63 anos, o “ex-morto” estava usando a identidade de Terry Symansky, um pescador falecido em 1991 – solteiro, solitário e sem filhos.

A farsa foi descoberta por um sobrinho de Terry, ao buscar informações sobre a família no site “ancestry.com”. A polícia foi chamada e Richard foi preso.

Após a prisão, a esposa, Mary Hickman, achou uma mala com documentos relacionados à identidade original do marido, de acordo com reportagem da rede ABC.

A policiais, Richard contou ter decidido desaparecer porque já não queria mais viver com Linda, mas não suportaria outro divórcio.

“Uma pessoa que viveu destruindo os outros”, disse Chris Nocco, o xerife do condado de Pasco.

Globo

28/10/16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *