Candidata à prefeita do PSC em Novo Lino denuncia ameaças ao MPF/AL

Marcela Gomes fez a denúncia sobre possíveis ameaças feitas por adversários políticos em Novo Lino

Candidata à prefeita pelo PSC em Novo Lino, Marcela Gomes, esteve nesta segunda-feira, 26, na sede do Ministério Público Federal (MPF) em Alagoas, para denunciar ameaças que tem sofrido por parte de adversários políticos que disputam a eleição para prefeitura do município. O objetivo da candidata foi denunciar possíveis ameaças a sua integridade física por conta de fatos registrados nos dias 21 e 22 deste mês na zona rural do município.

Segundo relato feito por Marcela Gomes, no dia 21 (quarta-feira passada) um veículo modelo Saveiro, de cor vermelha, invadiu a propriedade de seu pai, onde a candidata reside, sem qualquer motivo aparente. Havia, de acordo com as declarações por ela prestadas ao MPF, um boato de o objetivo da invasão seria o de sequestrar seus dois filhos menores com o intuito de desestabilizar emocionalmente sua campanha rumo à prefeitura de Novo Lino.

Marcela Gomes denunciou ainda que na quinta-feira, 22, durante seu deslocamento para realizar atos de campanha na zona rural do município, o atual prefeito Aldemir Rufino, teria a intimidado junto com sua equipe de trabalho, ao atravessar de forma acintosa um veículo modelo Amarok, para impedir a passagem da candidata e sua equipe de trabalho. O veículo utilizado para o ato é de propriedade da prefeitura e utilizado pelo prefeito Aldemir Rufino, que não é candidato à reeleição no pleito de outubro.

O prefeito estaria acompanhado de um irmão, identificado por Gilmar Rufino da Silva e um cidadão conhecido por Bodinho. “Que o senhor Aldemir perguntou a declarante: o que vocês estão fazendo aqui. E que ele [o atual prefeito] supôs que a declarante e sua equipe estavam fazendo filmagens de sua propriedade, fato que não é verdadeiro, uma vez que se encontrava apenas fazendo campanha nos povoados da zona rural”, diz um trecho do depoimento feito ao MPF pela candidata do PSC.

Por precaução, a candidata do PSC, solicitou que a denúncia seja enviada também à Polícia Federal para sejam tomadas as medidas necessárias afim de apurar possíveis ameaças a sua integridade e de seus familiares por conta da disputa eleitoral em Novo Lino.


c7a0c9afd5ada586a68473639bc33594

6acc5aecdce454cf0816353e1e8c9aaf

AL1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *