Atirador mata 4 mulheres em shopping no estado de Washington

Atirador fugiu, e polícia faz operação para localizá-lo. Tiroteio ocorreu no centro comercial Cascade Mall, em Burlington

suspeito

Quatro mulheres morreram e um homem ficou gravemente ferido após um atirador abrir fogo dentro de um shopping de Burlington, cidade no estado de Washington, nos Estados Unidos, informou a polícia estadual.

“As quatro pessoas mortas eram mulheres, enquanto o ferido é um homem que está hospitalizado em estado crítico”, disse o sargento Mark Francis, porta-voz da Patrulha de Washington.

O número de vítimas, porém, foi objeto de confusão, pois as autoridades informaram inicialmente quatro mortos e depois reduziram para três, antes de voltar ao dado inicial. Não está descartado a possibilidade de ter mais vítimas, segundo o porta-voz policial.

A polícia local não tem informações que indicam que o caso foi um ataque terrorista.

As autoridades estão buscando neste momento o atirador, que fugiu antes da chegada dos policiais. Testemunhas disseram à polícia que o atirador é um jovem latino-americano que vestia uma camiseta preta, como divulgaram em uma fotografia, e que ele carregava uma espingarda.

O tiroteio ocorreu por volta das 19h (hora local, 23h no horário de Brasília), quando um homem armado com uma espingarda entrou nos armazéns Macy’s do Cascade Mall e atirou contra alguns clientes.

“Nós acreditamos que se trata de apenas um atirador. Avisem as autoridades se ele for visto. Ele está armado com uma espingarda”, disse o sargento Mark Francis, porta-voz da Patrulha de Washington, a polícia estadual.

O atirador foi visto pela última vez seguindo a pé em direção a estrada I-5, que passa ao lado do centro comercial onde ocorreu o tiroteio.

Burlington é um município com cerca de 8.500 habitantes, situado a 105 km de Seattle e a 80 km da fronteira com o Canadá.

O Departamento de Gestão de Emergências do Condado de Skagit, que pertence Burlington, pediu aos cidadãos que evitem a região, que neste momento é alvo de uma operação policial para tentar localizar o atirador.

g1

24/09/16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *