Aluna do Ifal Arapiraca é uma das representantes de AL no Parlamento Juvenil do Mercosul

alunasfgdtrarapiracfa

A estudante Jordanna Emilly Freitas de Macedo (15), aluna do ensino médio integrado em informática no Instituto Federal de Alagoas (IFAL) em Arapiraca será uma das representantes do Estado de Alagoas no Parlamento Juvenil do Mercosul (PJM).

O projeto favorece e promove o protagonismo juvenil, abrindo espaço para diálogos e discussões acerca de temas vinculados à educação, como: inclusão educativa, participação cidadã, direitos humanos, diversidade de raça, etnia e gênero, integração regional e trabalho. Todas as discussões são norteadas pelo tema principal – “O ensino médio que queremos” –, e os jovens parlamentares elaboram propostas que abordam as necessidades e anseios comuns da juventude dos países do MERCOSUL.

A jovem arapiraquense concorre com o projeto “A importância da conscientização ambiental na juventude”. O projeto trata-se da necessidade de conscientizar os jovens para que eles possam participar ativamente do processo amenizador da degradação ambiental, tendo como objetivo reconhecer a necessidade dos jovens se tornarem cidadãos ecologicamente conscientes apontando os fatores de degradação ambiental.

O projeto ainda apresenta-se a atual situação de degradação ambiental no planeta decorrente do lixo, e a necessidade de transformar a sociedade atual em uma sociedade ecologicamente equilibrada. A intenção é atingir os objetivos por meio da educação escolar, realizando feiras, palestras, grupos de apoio a natureza e fan pages de conscientização.

Jordanna Emilly ama a natureza, música e os conhecimentos sobre as culturas, sempre buscando se destacar nas atividades escolares e procurando agir corretamente e com justiça em seu dia a dia.

Sua maior preocupação é com os recursos naturais, principalmente a água. “Percebi que se conscientizarmos os jovens poderemos, juntos, amenizar o processo de degradação ambiental. Juntos vamos defender os nossos direitos, o meio ambiente e a educação pública. Precisamos expor nossas opiniões e interesses para conseguirmos uma mudança significativa, por isso conto com você para representar Alagoas no PJM”, frisou.

A aluna foi selecionada e defenderá o projeto na segunda fase da seleção, desta vez nacionalmente, por meio de um processo democrático eleitoral que deverá acontecer em novembro, através das redes sociais e do site do MEC.

CADASTRAMENTO

Para participar da eleição, que foi iniciada no último domingo (30) e vai até 5 de novembro, os interessados devem fazer o cadastramento na página do Parlamento Juvenil na internet e indicar o representante da unidade federativa. Na página, estão disponíveis os perfis de todos os candidatos classificados. O resultado será divulgado em 10 de novembro próximo. A relação dos candidatos classificados também está disponível na página do PJM (pjm.mec.gov.br).

Minutoarapiraca

05/11/16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *