Assassino em série ‘Grim Sleeper’ é condenado à morte nos EUA

Lonnie David Franklin Jr. matou dez mulheres entre 1985 e 2007.
Ele foi preso em 2010 e teve seu DNA relacionado a vários casos

grim-sleeper_fran1

Lonnie David Franklin Jr., de 63, o assassino em série mais conhecido como “Grim Sleeper”, foi condenado à morte nesta quarta-feira (10) pelo homicídio de nove mulheres e de uma adolescente de 15 anos, entre 1985 e 2007, em Los Angeles.

O lixeiro espalhou pânico no sul dessa cidade californiana, ao cometer sete crimes nos primeiros quatro anos. Depois de quase 14 anos de silêncio, ele voltou a atacar, recriando o terror na população.

Suas vítimas eram, em sua maioria, mulheres negras, cujos corpos abandonava em latas de lixo, ou em becos das áreas pobres de Los Angeles.

A polícia conseguiu pegá-lo, finalmente, em 2010, quando foi possível relacionar seu DNA a várias mortes.

“Grim Sleeper” foi declarado culpado de homicídio doloso em maio, após um julgamento de três meses de duração. Em junho, os membros do júri recomendaram a pena capital como sentença.

Antes de anunciar sua decisão, nesta quarta (10), a juíza Kathleen Kennedy rejeitou o pedido da defesa pela repetição do processo.

g1

10/08/16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *